Benidorm quer ser destino turístico sustentável e inclusivo

admin
Read Time2 Minutes, 39 Seconds

Muitas vezes associada ao turismo de massas, Benidorm aposta em tornar-se numa referência em matéria de turismo sustentável e inclusivo e foi a primeira cidade espanhola a receber o certificado de Destino Turístico Inteligente.

A pegada ecológica da hotelaria

A mobilidade elétrica foi uma das apostas da cidade. Foram instaladas dez estações de carregamento de baterias para carros elétricos. Um quarto dos hóteis da cidade espanhola usam energias renováveis. “Nos últimos quatro anos, houve um investimento em estabelecimentos hoteleiros de 300 milhões de euros, o que permitiu investir em energias renováveis, em máquinas mais eficientes e num uso melhor dos recursos”, disse Mayte García Corcoles, responsável do Departamento de Qualidade da Associação de Hotelaria da Comunidade Valenciana. A euronews visitou um hotel que possui a maior instalação fotovoltaica de Benidorme. O edifício é auto-suficiente do ponto de vista energético graças à energia solar, o que ajuda a reduzir a pegada ecológica das atividades turísticas.

Cidade inclusiva

Mas a sustentabilidade não é o único critério para ser um destino inteligente, é preciso implementar uma abordagem inclusiva. A euronews falou com um turista britânico que se desloca numa cadeira de rodas e passa férias em Benidorm há quinze ano. “Adoro Benidorm. É muito fácil deslocar-nos. Pode subir e descer, há muitos acessos. Quando viemos cá pela primeira vez, havia mais restrições, era um pouco mais difícil, mas as coisas melhoram de ano para ano”, afirmou Sam Nottingham.

Mapas da cidade em Braille

A inclusão passa por remover as barreiras físicas, mas, também, por facilitar o acesso à informação. A euronews falou com Quico Saval que colaborou com várias instituições para criar mapas da cidade em braille. Graças às novas tecnologias, as pessoas cegas podem conhecer a história dos monumentos e dos sítios turísticos mais importantes em 6 línguas. Basta digitalizar um código. “É um direito. Todos devem poder usufruir de um lugar, de um espetáculo ou de uma informação. Para nós é difícil visitar um monumento porque não podemos abarcá-lo com as mãos, não conseguimos ficar com uma ideia do local como uma pessoa que vê. Na parte de baixo, temos os sítios turísticos de maior destaque, estão em relevo, para que possamos ter uma ideia do que se trata”, disse à euronews Quico Saval.

Ciclovia de 80 quilómetros

A cidade pode ser percorrida de uma ponta à outra, ao longo de 80 quilómetros de ciclovia. Graças às bicicletas elétricas, o visitante pode descobrir toda a cidade, em segurança, de Tossal de la Cala a Serra Gelada. “Quando se apercebem que é tão fácil e rápido andar pela cidade e estacionar a bicicleta em qualquer lugar, as pessoas alugam uma bicicleta para toda a estadia. E não ficam só na praia ao pé do hotel, mas deslocam-se ao longo da costa. A ideia é poder passar um bom momento com menos impacto ambiental e uma pegada ecológica reduzida”, afirmou Sergio Ruiz, proprietário da empresa Tao Bike.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Descubra 4 aplicativos que destroem a vida útil da bateria do iPhone

Programas de navegação, rastreadores de movimentos e outros relacionados ao Facebook são grandes vilões quando a questão é drenar rapidamente a carga do aparelho Quando o assunto é preservar a vida útil da bateria do seu celular, alguns aplicativos fazem um ótimo trabalho; por outro lado, existe uma série de programas que […]

Subscribe US Now